Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estamos Sozinhos?

Posso te dizer o que é verdade. Tu formas a tua própria opinião.

Estamos Sozinhos?

Posso te dizer o que é verdade. Tu formas a tua própria opinião.

Luta entre OVNIS testemunhada sobre o aeroporto de Toronto

Mike de Toronto relatou o encontro imediato que teve no aeroporto

Moarn Stjer, 07.08.19

Eu tive um incrível avistamento de OVNI há um ano, em 4 de julho de 2018, em Toronto. 

Bem, eu trabalhei um turno da noite, até cerca das 7:00 da manhã. E cerca de 3:15 da manhã, cerca de seis Ovnis apareceram basicamente no Aeroporto Pearson. 

No começo, eu pensei que era um satélite porque eles eram muito altos, mas um começa a perseguir o outro, então mais dois apareceram e a mesma coisa. Parecia que era como um caminho de luta de cães no alto. 

Eles eram apenas bolas de luz. Um parecia vermelho. O outro parecia verde e parecia que os verdes estavam perseguindo os vermelhos. Eles eram um total de cinco. E basicamente eles eram como abelhas de um enxame. 

Sim, isso me surpreendeu porque já tive avistamentos antes, mas este apenas levou-o a um novo nível. Foi surreal porque estou a olhar para aquilo e digo: 'Isso não pode estar acontecendo.' Fiquei chocado. Eu não podia acreditar no que via. Isso foi a olho nu.

Eu diria, se eu fosse estimar a altura, eu diria baixa órbita da Terra. Definitivamente estava acima das nuvens e da velocidade que eles estavam indo ...

Eu voei e essas coisas não estavam voando como seu típico helicóptero ou avião que nós conhecemos. Essas coisas estavam fazendo coisas que eram incompreensíveis. Essas coisas estavam cobrindo basicamente o céu do noroeste ao sul e eles estavam voando para trás e para frente em questão de cinco a dez segundos. 

Eles estavam cobrindo uma enorme área do céu. E aqui é onde fica realmente interessante, estou começando a ver pequenos lampejos de luz e penso comigo mesmo: O que diabos é isso? Eles estavam atirando um no outro. Eles estavam realmente atirando um no outro. 

Parecia como os relâmpagos piscam dentro de uma nuvem e você pode ver o ambiente da nuvem, foi assim, mas foi em linha reta, como um laser. Os vermelhos não estavam atirando nos verdes, apenas os verdes estavam atirando nos vermelhos. Isso foi inacreditável. Eu não pude acreditar no que estava assistindo. Isso estava acontecendo, eu estimaria, sete a dez minutos no ar e eu estou indo, ninguém mais está vendo isso? 

Não houve relatórios de rádio no dia seguinte. Eu até relatei isso para o MUFON. Eles fizeram o acompanhamento. Eles queriam mais detalhes sobre o que aconteceu, mas isso aconteceu em tão pouco tempo. Houve muita ação. Era como se fosse uma briga de cachorros. Foi literalmente um duelo. 

Eu não podia acreditar no que estava vendo. Eu não pude acreditar no que estava assistindo. Isso estava acontecendo, eu estimaria, sete a dez minutos no ar e eu estou indo, ninguém mais está vendo isso? 

Fonte: https://www.phantomsandmonsters.com/2019/07/ufo-dogfight-witnessed-over-toronto.html

Luz estranha no céu de Santa Maria da Feira

Moarn Stjer, 28.07.19

Esta noite, quando passeava o meu cão, olhei para o céu e reparei nesta luz. Não se consegue notar devido às luzes da rua que estavam ali, mas, mas se observar bem, pode ver uma espécie de mancha circular luminosa por detrás das nuvens. Pensei que poderia ser a lua, mas, reparei que a lua estava do lado oposto e era visível entre as nuvens. O que poderia estar a emitir está luz? Um fenómeno natural, ou um fenómeno OVNI?

Encontro do Primeiro Grau com OVNI a Caminho da Califórnia

Moarn Stjer, 26.07.19

triufo2.jpg

Há cerca de 2 anos atrás, o cibernauta Alantheman69 teve um encontro do primeiro grau, juntamente com o seu pai e o seu irmão. Ambos viram algo no céu naquela noite que não era habitual.

Foi por volta das 21hs, numa noite de novembro, e o seu pai e a sua mãe voltavam da loja, quando o pai olhou para ele e o seu irmão e lhes pediu para olharem pela janela e dizer se ele estava a ver coisas, ou a ficar louco.

Inicialmente, quando olhou para cima, não viu nada, até que o pai apontou para o céu e viu alguns objetos, ou criaturas, a voar. Sabiam que eram grandes porque podiam ver eles a mover-se alto no céu noturno e a sua forma triangular. Era cinco e dirigiam-se no sentido da Califórnia.

Observaram-nos durante 2 minutos. Até que um enorme OVNI em forma de triangulo e com 3 luzes na sua traseira passou por eles. Ficaram em pânico e não sabiam bem o que fazer. Depois dele passar, os iPhones começaram a emitir um ruído estranho e a aquecer muito durante 5 segundo.

O ambiente lá fora também aqueceu mais do que o normal, tanto que o carro registou temperaturas acima do normal para a o mês de novembro.

Por incrível que pareça, ninguém ouviu nenhum barulho, sem ser o vento que foi gerado pela passagem do OVNI. Somente o som do carro se ouvia.

Alan está convencido de que eram realmente OVNIS. Assim que regressou a casa, pesquisou na Internet mais sobre o fenómeno e conseguiu encontrar alguns registos de pessoas que também viram OVNIS idênticos.

Alguns dos esboços que encontrou eram muito parecidos com o que ele e a sua família viram naquela noite de novembro.

Ainda assim, Alan não consegue afirma que o OVNI era de origem extraterrestres, porque, como leu muita coisa sobre o fenómeno, ficou a saber que há indícios de que os exércitos das nações mais desenvolvidas têm se dedicado a desenvolver tecnologia com através da captura de naves extraterrestres.

Se aquele OVNI era de origem humana, ou extraterrestres, é uma questão que ele nunca irá conseguir responder. O seu lado curioso e tendencial para o mistério, querem acreditar que sim, mas, o seu lado mais pragmático, leva-o a acreditar que se trata de engenharia aeronáutica humana muito evoluída e ainda fora do conhecimento da população em geral.

Isso não faz com que não acredite que exista vida fora do nosso planeta, mas, deixa muitas perguntas sem resposta e que espera um dia vir a encontrar uma resposta.

Mais de 7 milhões de pessoas raptadas por extraterrestres (vídeo)

Moarn Stjer, 08.06.19

Um estudo recente indica que mais de 7 milhões de pessoas foram seqüestradas no planeta Terra. Casos reais e contrastados de todas as nacionalidades.



Desde que a primeira história de um suposto sequestro por alienígenas nos Estados Unidos foi relatada pela primeira vez em 1957 (atribuída a seres de baixa estatura que mais tarde foram conhecidos como "Greys"), o mundo conheceu inúmeras histórias sobre sequestro. de pessoas que acabam visitando naves espaciais ou bases subterrâneas.


De acordo com os registros de ufólogos e pessoas que defendem a veracidade desses casos - enquanto outros desacreditam essas versões - haveria pelo menos 80 raças extraterrestres por trás dessas práticas e cada uma delas teria um propósito diferente de acordo com o grau de empatia que eles têm com o "terrestre".


Os seqüestros extraterrestres têm sido um dos temas mais populares da história e tem atraído a atenção de fãs de ficção científica há algum tempo.

Quando eles falam sobre arrebatamento alienígena, a primeira coisa que vem à mente é uma pessoa sendo absorvida por uma grande luz branca vinda de um OVNI (objeto voador não identificado) no céu. Enquanto psicólogos e especialistas sempre buscam uma resposta racional para esse "fenômeno", outros procuram as respostas no mundo paranormal para obter alguma explicação.


Estamos realmente sozinhos? Essa é a pergunta que a maioria dos seres humanos se faz depois de ver histórias de "desaparecimentos" sem explicação, como as descritas pelo nosso parceiro Rafa, de eblv.es no vídeo a seguir. O que você acha? Deixe seu comentário abaixo.



 

Mais de 7 milhões de pessoas raptadas por extraterrestres (vídeo)

Moarn Stjer, 08.06.19

Um estudo recente indica que mais de 7 milhões de pessoas foram seqüestradas no planeta Terra. Casos reais e contrastados de todas as nacionalidades.

Desde que a primeira história de um suposto sequestro por alienígenas nos Estados Unidos foi relatada pela primeira vez em 1957 (atribuída a seres de baixa estatura que mais tarde foram conhecidos como "Greys"), o mundo conheceu inúmeras histórias sobre sequestro. de pessoas que acabam visitando naves espaciais ou bases subterrâneas.

De acordo com os registros de ufólogos e pessoas que defendem a veracidade desses casos - enquanto outros desacreditam essas versões - haveria pelo menos 80 raças extraterrestres por trás dessas práticas e cada uma delas teria um propósito diferente de acordo com o grau de empatia que eles têm com o "terrestre".

Os seqüestros extraterrestres têm sido um dos temas mais populares da história e tem atraído a atenção de fãs de ficção científica há algum tempo.

Quando eles falam sobre arrebatamento alienígena, a primeira coisa que vem à mente é uma pessoa sendo absorvida por uma grande luz branca vinda de um OVNI (objeto voador não identificado) no céu. Enquanto psicólogos e especialistas sempre buscam uma resposta racional para esse "fenômeno", outros procuram as respostas no mundo paranormal para obter alguma explicação.

Estamos realmente sozinhos? Essa é a pergunta que a maioria dos seres humanos se faz depois de ver histórias de "desaparecimentos" sem explicação, como as descritas pelo nosso parceiro Rafa, de eblv.es no vídeo a seguir. O que você acha? Deixe seu comentário abaixo.

 

Por que a Marinha leva os OVNIs a sério?

Moarn Stjer, 05.05.19

As Forças Armadas dos EUA não delinearam procedimentos para relatar OVNIs em décadas. Agora, a Marinha está escrevendo novos planos para reportar OVNIs. Porque agora? Primeiro, vamos falar um pouco mais sobre o significado desta notícia.

Politico  quebrou essa história ontem em um artigo intitulado  “Marinha dos EUA redigindo novas diretrizes para relatar OVNIs”.  O artigo declara “um novo passo significativo na criação de um processo formal para coletar e analisar os avistamentos inexplicados - e desestigmatizá-los”.

Eu acho que a última sentença é fundamental porque parece que esse estigma fez com que os militares fizessem muita ginástica lingüística no passado, quando se trata de OVNIs. Parece intuitivamente óbvio que os militares estariam interessados ​​em aeronaves que entrassem no espaço aéreo dos EUA que não pudessem ser identificadas. No entanto, quando você entra em contato com quase qualquer agência do governo solicitando informações sobre um objeto não identificado, a resposta é típica de que eles não pesquisam mais sobre OVNIs, então vá para outro lugar.

Avistamentos UFO perto de Skinwalker Ranch durante a Segunda Guerra Mundial

Moarn Stjer, 01.05.19

Recentemente, recebi esta história no meu email:

landscape-1328858_1920.jpg

Quando os japoneses atacaram Pearl Harbor em 7 de dezembro de 1941, meu pai, um funcionário, um professor do então chamado Serviço Indiano dos EUA (agora chamado de Bureau of Indian Affairs) foi voluntário, pretendendo se alistar no Exército dos EUA. 

Ele estava marcado em 4-F por causa de um mancar perceptível que adquirira quando, aos 12 anos, caiu da varanda da casa dos meus avós localizada no leste de Oklahoma, e quebrou a perna muito mal. Ele teve que aprender a andar de novo. 

Por não poder entrar no serviço, ele se inscreveu para um programa que lhe permitiu ser voluntário para ocupar o lugar de outro funcionário federal que iria para o exterior.

Papai foi notificado de que iria se mudar para o internato federal para crianças indianas na White Rocks Indian School, muito perto da Reserva Indígena Ute em Ft. Duchesne, Utah. Eu tinha cerca de seis meses na época e, claro, não me lembro de praticamente nada de toda a experiência. 

Minha mãe tinha sido enfermeira do Serviço Indiano dos EUA em Phoenix, mas não havia posições abertas para ela em Ft. Duchesne, então ela se tornou uma dona de casa. De tempos em tempos, ela me levava em meu carrinho para um pequeno prado perto da escola, e fazíamos um pequeno piquenique. 

Quando eu estava com meus 30 anos, minha mãe me contou uma história.

Um dia, quando estávamos fazendo nosso pequeno almoço de piquenique - não poderia ter sido muito almoço, já que havia racionamento de comida pesado durante a guerra - um objeto brilhante voou do oeste, fez um circuito ao redor do pequeno prado , pairou por alguns minutos, depois voou para o leste. Eu estava surpreso. Eu perguntei por que ela nunca me contou a história antes, e ela disse que nunca considerou o incidente de muita importância. Ela poderia estar certa, mas pedi a ela que desenhasse o objeto da memória. Ela desenhou um globo circular. É isso aí. Um globo circular. Perguntei se o objeto fazia alguma coisa além de voar pelo ar. Ela tentou explicar que fazia movimentos nervosos ou trêmulos, mas ela realmente não conseguia descrever como era o movimento. Hmmm Eu perguntei se o objeto poderia ter sido carregado pelo vento, mas ela não Não me lembro de estar particularmente ventoso naquele dia. Assim. Circulado . . a . . . pequeno . . . Prado . . . então . . . voou. . . longe.

O incidente foi vários anos antes do famoso avistamento de Kenneth Arnold em 1947 de nove objetos brilhantes que voaram em tandem e saltaram como pires enquanto voavam pelo céu perto do Monte. Rainer no estado de Washington. 

Anos depois, conheci um homem, um policial que trabalhara no Ft. Duchesne. Ele contou sobre um incidente em que ele e sua família estavam deitados no gramado certa noite, como as famílias, tomando café e refrigerantes, quando um objeto brilhante sobrevoou a casa deles, parou e disparou direto para cima. O policial não conseguiu identificar qual era o objeto, mas foi o suficiente para mandar a família correr para dentro de casa. O oficial disse que ele e sua família não saíram à noite assim por um tempo.

Bem, depois que mamãe me contou a história do avistamento do prado, pensei um pouco. Pelo menos duas possibilidades vieram para mim. Como eu disse, Kenneth Arnold ainda não tinha tido sua experiência de avistamento, mas aprendi mesmo naqueles dias pré-internet que o Ft. A área de Duchesne era uma espécie de notória de avistamentos desse tipo. 

Ou havia outra possibilidade. Durante a guerra, os japoneses fizeram e lançaram vários balões cheios de hidrogênio Fu-go com dispositivos incendiários das ilhas japonesas, esperando que os balões passassem pela corrente de jato, aterrissassem nas terras florestais dos Estados Unidos e começassem a floresta ou incêndios florestais. Ou talvez realmente matar alguém. Da Wikipedia:"Do final de 1944 até o início de 1945, os japoneses lançaram mais de 9.300 balões de fogo, dos quais 300 foram encontrados ou observados nos EUA. Apesar das grandes esperanças de seus criadores, os balões foram ineficazes como armas, causando apenas seis mortes (de um único incidente ) e uma pequena quantidade de dano.As mortes ocorreram quando as vítimas decidiram tocar o balão, fazendo com que ele explodisse. " 

Se o objeto brilhante que minha mãe viu era um disco voador ou uma bomba Fu-go, ou qualquer outra coisa, eu certamente não posso dizer. 

Mas eis o que posso dizer: aquele pequeno prado fica a menos de dois ou três quilômetros do infame Ranch Skinwalker. Eu não sei se as experiências paranormais e os fenômenos vividos naquela área do rancho estavam ocorrendo até a Segunda Guerra Mundial, mas um certamente aconteceu perto de um dia de piquenique em 1944.

Professor: Vigilância Total é o único caminho para salvar a humanidade

Moarn Stjer, 30.04.19

O autor de "O Argumento da Simulação" diz que uma tecnologia ruim pode destruir a humanidade - e a única maneira de evitar isso é um anti-herói da IA.

Grande Irmão

O filósofo de Oxford que postulou 15 anos atrás que podemos estar vivendo em uma simulação por computador tem outra teoria bem distante, desta vez sobre o futuro da humanidade - e não é exatamente otimista.

Na quarta-feira, Nick Bostrom subiu ao palco em uma conferência da TED em Vancouver, no Canadá, para compartilhar algumas das idéias de seu mais recente trabalho, " The Vulnerable World Hypothesis ".

No artigo, Bostrom argumenta que a vigilância do governo em massa será necessária para impedir que uma tecnologia de nossa própria criação destrua a humanidade - uma ideia radicalmente distópica de um dos filósofos mais proeminentes dessa geração.

Bolas Pretas

Bostrom molda seu argumento em termos de uma urna gigante cheia de bolas. Cada bola representa uma ideia diferente ou uma tecnologia possível, e elas são de cores diferentes: branca (benéfica), cinza (moderadamente prejudicial) ou preta (destruidora da civilização).

A humanidade está constantemente puxando bolas desta urna, de acordo com o modelo de Bostom - e, felizmente, ninguém tirou uma bola preta ainda. Grande ênfase em "ainda".

“Se a pesquisa científica e tecnológica continuar”, escreve Bostrom, “nós iremos alcançá-la e retirá-la”.

AF Distópico

Para evitar que isso aconteça, Bostrom diz que precisamos de um governo global mais eficaz - um que possa rapidamente banir qualquer tecnologia destruidora da civilização em potencial.

Ele também sugere que nos inclinemos para a vigilância do governo em massa, equipando cada pessoa com "tags de liberdade" em forma de colar que podem ouvir e ver o que estão fazendo o tempo todo.

Essas tags seriam alimentadas em “estações de monitoramento de patriotas”, ou “centros de liberdade”, onde inteligências artificiais monitoram os dados, trazendo “oficiais da liberdade” humanos para o circuito se detectarem sinais de uma bola preta.

Dois Males

Já vimos pessoas  abusarem de sistemas de vigilância em massa , e esses sistemas são muito menos exaustivos do que o tipo que Bostrom está propondo.

Ainda assim, se é uma escolha entre ter alguém assistindo a todos os nossos movimentos ou, você sabe, o fim da civilização, Bostrom parece pensar que o primeiro é uma opção melhor do que o último.

"Obviamente, existem enormes desvantagens e, na verdade, enormes riscos para a vigilância em massa e a governança global", disse ele à multidão na conferência TED, segundo Inverse . "Só estou apontando que, se tivermos sorte, o mundo poderia ser tal que essas seriam a única maneira de sobreviver a uma bola preta".

Enorme disco voador sobre o sul da Flórida, 15-Mar-2019

Moarn Stjer, 29.04.19

Florida-UFO.png

Esses vídeos de OVNIs acabaram de ser enviados através de nossa página no Facebook. Foi filmado na Flórida em 15 de março de 2019.

Relatório da testemunha: Eu testemunhei isso em um feed de câmera ao vivo, onde trabalho no sul da Flórida. Eu tive que cortar o vídeo curto para não identificar minha posição de trabalho ou localização. É uma violação de segurança fazer isso. O objeto não foi identificado no radar como uma aeronave nem um drone.Ele tinha calor e foi identificado claramente em nossas câmeras térmicas. Não poderia ter sido um animal por causa do calor gerado. Temos tentado descobrir o que é desde que o vimos. Isso é apenas uma gravação bruta, não sei como editá-la para não mostrar os detalhes da empresa. 
O objeto voou muito rápido, desceu e nivelou a cidade. Nós pensamos que era um meteorito até nivelar. Eu quero permanecer anônimo porque não quero prejudicar meu trabalho.
A grande bola de luz pulsante aparece do canto direito e desce. O outro ponto branco no centro é uma aeronave airbus. 
Desculpe por não poder enviar o vídeo inteiro. Eu nunca vi nada assim antes.