Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estamos Sozinhos?

Posso te dizer o que é verdade. Tu formas a tua própria opinião.

Estamos Sozinhos?

Posso te dizer o que é verdade. Tu formas a tua própria opinião.

Deuses e Extraterrestres

Traduções de texto antigos podem estar erradas!

Moarn Stjer, 19.08.19

archive-handwriting-handwritten-51343.jpg

Devemos considerar o significado das palavas nos tempos antigos. Nem todas as palavras que conhecemos nos dias de hoje, têm o mesmo significado de séculos atrás.

Sabemos, através dos estudos linguísticos e historiográficos, que boa parte das palavras que existiam na antiguidade, ganharam novos contornos no que diz respeito à sua aplicação e significado.

A evolução das palavras e as traduções entre os idiomas ao longo das épocas, fizeram com que a mensagem implícita em cada palavra sofresse alterações e condicionasse o sentido das frases.

Não me é estranho que no passado a palavras “deuses” fosse sinónimo de extraterrestres. Para que isso acontecesse, teríamos de observar um aglomerado de situações de influência direta e indireta, que trouxesse novo sentido à palavra.

Temos o exemplo da palavra unicórnio, a qual conhecemos como sendo a representação linguística de um cavalo com um chifre na fronte. Mas, nem sempre teve esse significado, já que a palavra deriva do latim “unos cornus”, ou seja, único corno, e servia para identificar um animal que não era um cavalo, mas, sim um rinoceronte.

Um dos livros em que encontramos mais situações deste género é a Bíblia, em que as palavras têm significados diferentes das originais e que têm sido adaptadas aos tempos modernos.

Poderia a Bíblia estar a fazer identificações a seres extraterrestres? Sim, poderia estar a fazer esse tipo de identificações. O que significava que a Criação tinha tido influência extraterrestres, e muitas outras situações teriam sido encontros imediatos. Nesse caso, a Bíblia prevê o regresso dos mesmos.

Como estes casos temos muitos outros que inferem questões pertinentes nas traduções que nos chegaram aos tempos modernos. Não eram todos os que tinham instrução de escrita, o que fez com que grande parte dos conhecimentos fossem transmitidos por via ora de geração em geração.

A grande questão que aqui se coloca é: “quais destas traduções estarão erradas?”. Errar é humano e por isso, temos de aceitar que há erros de tradução que se perpetuaram ao longo da história da civilização e que geraram novos erros.

A história revela-se como um grande puzzle que poderá dar respostas surpreendentes quanto às nossas origens e às relações que temos com o restante Universo.

Um encontro com um amigo

Moarn Stjer, 20.07.19

Encontrei-me com um antigo colega de liceu há umas semanas atrás, por acaso, e acabamos por tomar café e conversar um pouco.

Contou-me que acabou por ter entrado para o seminário, depois de ter sido curado de um temor maligno. Foram dias bastante maus para ele e que disse ter encontrado forças na fé para lutar contra a doença.

Todos os anos faz a peregrinação de Fátima a pé.

Fiquei feliz por ele se ter curado. Conte-lhe como tenho estado a trabalhar e deste meu pequeno hobby sobre o blogue dedicado ao paranormal, onde escrevo sobre histórias de pessoas que passam por experiências sobrenaturais e extraterrestres.

A conversa acabou por me colocar a pergunta chave que todos me fazem: “Tu acreditas em Extraterrestres?”. Respondi-lhe que tenho mais motivos para acreditar do que para não acreditar.

Começou a rir naquele tom que todos sabem quando se está a gozar com alguém. Disse-me que estava a ser ingénuo em acreditar que pessoas que acham que há extraterrestres, ou que foram raptadas por extraterrestres.

Olhe para ele com aquele ar de não acreditar que ele me estava a dizer aquilo.

Ele continuou que se Deus tivesse criado tais seres, eles viriam descritos na Bíblia. A argumentação dele foi mais longa, mas, não me vou perder em detalhes aqui.

Não queria muito entrar numa discussão teológica com ele, pois é um assunto que não domino e não queria atacar a sua crença depois de ter passado pela experiência que passou.

Até que chegou a um pouco em que tive de fazer uma pequena intervenção que não fosse desmoralizante e nem o ofendesse. Tinha de pensar no que lhe ia dizer.

Confesso que não foi a resposta mais brilhante, mas, foi a que me saiu naquele momento.

Perguntei-lhe se deveríamos apagar mais de metade da História da Civilização por não haver relatos bíblicos. Algo que ele disse que não, porque, a Bíblia era um livro espiritual, com o intuito de ligar o Humano a Deus. O que me permitiu que lhe questionasse se era um livro espiritual, porque razão deveria se levado em conta sobre o que é histórico, ou do plano existencial, afinal, mais de metade dos seres vivos não foram referenciados e existem.

Para terminar, disse-lhe que achava que a minha crença era tão válida com quem ia para Fátima a pé. É algo pessoal, que é partilhado, da mesma forma que os cristãos anunciam o evangelho. Acredita, quem quer.

No fundo é o problema da sociedade em relação a qualquer crença. Não há respeito pela individualidade e nem é respeitado o direito a ter a sua crença. O mesmo se aplica a quem partilha essa mesma crença, que por vezes procura impô-la como verdade, colocando a outra pessoa como se fosse inferior a nível de conhecimento.

A argumentação dele em relação à sua posição teria sido bem-vinda, se não fosse a sua imposição de superioridade. Se tivesse debatido a questão falando de um ponto de vista, talvez até tivesse sido proveitoso para ambos e ter aprendido algumas coisas.

Eu não posso fazer ninguém acreditar no que quer que seja, mas, posso partilhar a minha visão em momento oportuno para o efeito estar a impor o que quer que seja.

Todos tem o direito em acreditar no que quiserem, só não têm o direito de fazer desacreditar ninguém.

O que as Agências Espaciais não querem que a gente veja?

Moarn Stjer, 08.07.19


Milhares de imagens são recolhidas por telescópios, robôs e satélites. No entanto, as fotos são selecionadas para vir a público, escapando algumas que revelam algo mais que não era suposto sabermos.
Quando isso acontece, negam categoricamente o que se trate de indícios de vida inteligente extraterrestre. Por que motivo eles fariam isso?
Não há resposta aceitáveis para negarem as provas, tornando-as apenas falhas técnicas, ou pareidolia. Apesar de se saber que há essas possibilidades, sabemos que nem todas são assim.
Basta procurar, com alguma paciência na base de dados da NASA e encontramos vários indícios de ocultação de provas. Fotografias que lá estavam e não estão mais, recolocações por outras fotos no lugar delas, ou alteração das fotos com edição de imagem.
Todas as provas que circulam na Internet, as quais não conseguiram alterar, mostram perfeitamente a ocultação que pretendem fazer, para nos acreditar de que não há vida extraterrestre.
Mas qual o motivo há para fazerem isso?
Eu acredito que possa existir interesses financeiros por detrás disto. Acredito que há espécies de extraterrestres que beneficiam de trocas de ouro e outros materiais valiosos na Terra, para poderem explorar os recursos e fazer estudos científicos.
Esse é o motivo que poderá provocar a mentira que nos têm contado sobre a existência de extraterrestres.
Há testemunhos e provas de que eles nos visitam e que eles estão entre nós. Muito provável que eles até já se assemelhem como nós e tenham misturado com a nossa espécie, criando uma nova espécie que habita o planeta.
É preciso pressionar os governos e agências espaciais para revelarem a informação que têm.
A desculpa de que os povos não estão preparados não pega. Ninguém está preparado para nada sem passar primeiro pela experiência.
As pessoas precisam de saber para estarem preparadas para o que aí vem.




Abduções por Extraterrestres em Portugal

Moarn Stjer, 06.07.19

Portugal é um país rico em avistamentos e abduções por extraterrestres, no entanto, ainda há o preconceito contra as pessoas que se dizem abduzidas, obrigando-as a esconderem as suas histórias.


A verdade é essa: Portugal tem imensas histórias de pessoas que tiveram contacto com extraterrestres, mas que, por causa da aceitação pública, as suas histórias permanecem em oculto, ou restringidas a um leque de pessoas de maior confiança. 
Pode parecer impossível que haja actividade extraterrestres em Portugal, mas, a costa Portuguesa e as Ilhas, são locais onde se avista muitos OVNI. Boa parte dessas pessoas têm um grau de contacto de primeiro e segundo grau, sendo que as pessoas que tiveram um contacto do terceiro grau ou mais, são em menor quantidade. Pelo menos, do registo que se conhece. 
Não se sabe ao certo a real dimensão destes casos, já que apenas há uma entidade em Portugal que se dedica ao estudo deste fenómeno e depende muito de voluntariado para que seja possível a elaboração de estudos. 
Acredito que seja um paradigma que possa vir a mudar com as novas gerações, mais tolerantes de aceitar novas ideias, ou pelo menos ouvi-las e respeitá-las.
Por isso, seria importante registar estas abduções, para que futuramente se possa estudar e compara com novos dados. 
Não nos podemos limitar a ficar contentes com fenómenos com dos Cabelos de Anjo em Évora, aos relatos do Tenente Júlio Guerra, ou ao Milagre de Fátima. É preciso conhecer as outras histórias, protegendo a imagem social dos visados, para que se perceba as intenções com que essas abduções são feitas. 
Vivemos numa sociedade em que se pode tolerar muita coisa, menos a crença de que há extraterrestres que nos visitam e abduzem pessoas para as estudarem. É preciso perceber que é uma crença tão legítima como a de uma pessoa que afirma falar com Deus e este fala com ela. 
Se vai haver forma de assumir de uma vez por todas a existências de vida inteligente extraterrestres, é permitindo que este estudo seja aberto à sociedade e que se respeite as pessoas que acreditam ter tido um contacto extraterrestre.

Por que razão não existirão extraterrestres?

Moarn Stjer, 24.06.19

Não existe motivo plausível para considerar que não existam extraterrestres. A probabilidade de existirem seres de outros planetas é uma realidade que mais cedo ou mais tarde todos têm de assumir.

Imagem de Thor Deichmann por Pixabay 

Considerar que os seres humanos são os únicos seres vivos inteligentes em todo o Universo, é o extremismo do egocentrismo e da asneira intelectual. Qualquer ser pensante, em pleno das suas faculdades e elementos de análise, jamais admitirá que somos o único planeta a comportar vida. É uma afirmação descabida, retrogada e absolutamente restrita, que o Ser Humano é o único ser inteligente em todo o cosmo.
A imensidão do Universo sugere o contrário, tais como as provas que se têm juntado ao longo dos anos por especialistas e amadores. Há, com toda a certeza, vida e vida inteligente no universo.
Temos as provas históricas, em que há conhecimentos bastante avançados para a época e a execução de alguns monumentos arquitetónicos indiciam que possa ter existido contacto com seres extraterrestres. Não é só as construções em si que sugerem esse tipo de contacto, mas, os próprio registos que os humanos da antiguidade deixaram, apresentam-se como provas de contacto.
Mas, se por um lado as provas da antiguidade podem ser questionadas, há os relatos recentes de pessoas que se encontraram envolvidas por algum modo com esses seres extraterrestres que, apesar de também serem questionáveis, reforçam a ideia de que há mais do que o nosso planeta Terra.
Refiro-me, essencialmente, às abduções, encontros imediatos, avistamentos, circulos em campos de colheitas, testemunhos de pessoas que trabalharam em áreas ultra secretas de governos mundiais, etc.
Há muito informação por onde se pode pegar e trabalhar para provar que há vida inteligente além da Terra. E a condição de crença que hoje ainda se vive é resultado da falta de abertura da informação pelas entidades que a controlam. Reparem como à séculos atrás cientistas eram excomungados e queimados em fogueiras por afirmar que a Terra era redonda?
É verdade que hoje em dia, há muitas pessoas que querem voltar a esse pensamento medieval, apenas por falta comparação das informações, ou por não serem imparciais na análise das evidências.
Não quero que de forma alguma passe a acreditar que há extraterrestres apenas porque eu digo que há. É preferivel continuar a não acreditar, do que viver pelas ideias de alguém. Mas, quero que faça o seguinte. Veja as informações que há espalhadas pela internet sobre os vários pontos de vista sobre o assunto. Consulte o que dizem os cepticos, religiosos, crentes, cientistas, etc. Analise tudo isso e tire as suas próprias conclusões. Participe em forúns, debates e construa a sua própria ideia sobre o assunto.

Dalai Lama revela que os extraterrestres "são como nós" (Video)

Moarn Stjer, 10.06.19

Quem ainda acredita que estamos sozinhos no universo? talvez aquelas pessoas que estavam desinteressadas nesse fenômeno porque as religiões nunca lidaram com essas questões ou as rejeitaram ... até agora.

Há poucos dias, uma nova voz autoritária juntou-se ao coro de guias espirituais e líderes religiosos que falavam publicamente sobre a vida no cosmos e a existência de outras formas de vida semelhantes às nossas.
Desta vez foi Sua Santidade o Dalai Lama, que abordou a questão durante uma reunião na Universidade de Portland (Oregon, EUA), intitulado "Responsabilidade Universal eo ambiente interno". Entre os primeiros a ouvir sobre isso, o jornalista Stephen Cook encontrou um artigo intitulado "O Dalai Lama revela que visitantes de outras galáxias são o mesmo que nós."
Durante seu discurso público, o Dalai Lama entrou no assunto recordando que "todos somos Um", todos os homens e todos os seres vivos têm dentro de si uma centelha divina, mas muito é o "medo" de ser diferente dos outros , para gerar em nós a distância interna e humana na origem do mal-estar e os problemas que pairam sobre o nosso planeta.
Estendendo este conceito, o Dalai Lama propôs um exemplo simples para o público. Como podemos perceber seres de outros mundos se os encontrarmos diante de nós? Diversidade causaria medo em nós! A natureza "diferente" desses seres em relação aos nossos, geraria distância entre as duas realidades, logo se tornando terror e gerando sentimentos negativos.
No entanto, o Dalai Lama declarou que devemos acolher e considerar os 'visitantes galácticos' como 'iguais a nós ... apertando as mãos, caso os possuam'. Palavras simples que estão no centro da questão em muitos níveis.
Nascido de uma costela do hinduísmo, por volta do século 6 aC. C., o budismo tem desde o início a "consciência" de que o cosmos não era o único lar da humanidade, mas que muitas outras formas de vida povoam sua imensidão desde as origens do tempo. Em um dos textos mais antigos do budismo, o Acchariyābbūtadhamma Sutta, no qual as palavras diretas de Siddharta Gautama são relatadas, um passo laborioso e sugestivo pode ser encontrado nesse sentido.
Falando do lugar onde os "deuses" residem e vivem, o Buda afirmou que eles estão nas "regiões escuras e negras submersas na escuridão, entre os sistemas dos mundos, onde a poderosa e majestosa luz do nosso Sol não pode alcançar" .
Passagens crípticas e sibilinos que são fortemente influenciadas pelas influências hindus que desde os primeiros tempos falavam dos Lokas, os planetas físicos nos quais os Devas residem, os deuses.
Outra referência atribuída ao Buda na "pluralidade de mundos habitados" pode ser encontrada no texto Tipitaka, "Os ensinamentos do Buda em três divisões" (Vol 11, p 61 e Vol 23, sutanta pidok 25, edição tailandesa) em que três planetas extra-solares chamados Amornrakoyan, Buppaviteha e Auttrarakuru são discutidos em detalhes.
No entanto, não é a primeira vez que o mais alto representante do budismo fala da vida no cosmos e de seres inteligentes em outros planetas. Já no início de 2000, o falecido professor John Mack, professor de psiquiatria em Harvard e estudioso do fenômeno do rapto, teve a oportunidade de falar com o alto representante do budismo e concordar com a real existência dos seres vivos em outros planetas e expor seus estudos. Sobre o fenômeno das abduções alienígenas.
Esta entrevista foi originalmente filmado e documentado para inclusão no documentário Dalai Lama Renaissance, wakan Films e Khashyar Darvich (2007), mas na pós-produção, os autores decidiram não incluir essa sequência. No entanto, uma entrevista posterior com John Mack deixou um rastro desse encontro excepcional que será encontrado no vídeo abaixo.
Uma nova página é escrita nos anais da nossa história, palavras que devem nos fazer refletir e meditar profundamente. Longe de faccionalismo e fanatismo, há apenas uma verdade, que pode ser alcançada através de diferentes caminhos, mas que parece levar todos a um mesmo objetivo.
Conforme expresso pelo Dalai Lama, lança nova luz sobre um conceito fundamental, a presença de outras formas de vida no cosmos, mas ao mesmo tempo nos mostra um caminho a seguir, um caminho que se encontra na pureza do coração e do coração. emoções, um modo de encontro e uma lição de humildade para poder aceitar o que parece ser diferente, considerando que é o mesmo para nós!
No entanto, até que possamos entender e aplicar este conceito em nosso planeta, será difícil objetivamente relacionar com os seres das estrelas.O que você acha? Assista ao vídeo abaixo e deixe seu comentário abaixo.
allowfullscreen>

Um círculo estranho e complexo aparece nas plantações na França que anuncia o iminente Apocalipse

Moarn Stjer, 09.06.19

Há muitas coisas estranhas neste planeta que podem ser atribuídas à presença extraterrestre em nosso planeta, seja uma cidade afundada ao largo da costa da Flórida, um triângulo no Atlânticoou a mutilação do gado . Alguns desses fenômenos podem ter uma explicação lógica e racional, mas há outros que desafiam nossa compreensão do que nos cerca. Estes são círculos em colheitas ou colheitas. Esses projetos são padrões estranhos que aparecem em culturas ao redor do mundo de uma maneira específica.


Em geral, exceto aqueles que foram criados por humanos, os cortes são tão limpos que parece que foram feitos por uma máquina. Embora as hastes estejam dobradas, elas não estão danificadas. Na maioria das vezes, a cultura continua a crescer normalmente. Às vezes, padrões são círculos simples, mas em outros casos, são desenhos elaborados que consistem em várias formas geométricas interconectadas. E foi o que aconteceu na França, onde os pilotos de um aeroclube ficaram surpresos no último fim de semana quando sobrevoaram um campo de trigo e viram um desenho bastante elaborado nas lavouras .


O estranho círculo


A formação estranha foi vista no sábado por membros do Aeroclube Les Ailerons d'Enghien Moisselles enquanto voava sobre uma área ao norte de Paris. Felizmente, um dos pilotos conseguiu tirar uma foto do estranho desenho na safra e depois publicou na página do Facebook do clube, o que levou a imagem a se tornar viral. Localizada na cidade de Moisselles, a formação consiste em uma série de círculos e semicírculos . Quanto ao que isso pode significar, uma teoria aponta que o projeto foi criado perto de uma pequena igreja chamada "Notre Dame de France".e parece estar no mesmo comprimento que a catedral de Notre Dame. Assim, alguns sugeriram que talvez a formação seja um tributo, de certo modo, à catedral que sofreu os efeitos de um incêndio devastador em abril passado.


 


Embora essa conexão provável pareça sugerir que o treinamento foi o trabalho de pessoas, em vez de extraterrestres, o piloto que originalmente descobriu o projeto postulou que isso pode não ser o caso. Ao especular sobre quem poderia ter criado o trabalho, ele pensou que não acreditava que eles fossem humanos , porque as colheitas não "mentem" e não são esmagadas. Ele também citou a natureza complexa do design e como ele apareceu durante a noite como prova de que, em sua opinião, as pessoas não poderiam tê-lo feito com meios familiares.


Então, qual é o seu significado?


Se excluirmos a possibilidade de que esse círculo nas plantações tenha sido criado por pessoas, uma piada ou uma estratégia publicitária já está começando, então temos uma mensagem para a humanidade . E não apenas os ufólogos ou teóricos da conspiração, mas também os cientistas, acreditam nisso. Em 2017, o Dr. Horace Drew , Ph.D. em Química pelo prestigiado Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), disse que os círculos nas plantações são reais e contêm mensagens ocultas de seres extraterrestres ou viajantes humanos no tempo . Dr. Drew também sugeriu que desenhos misteriosos são um método usado por alienígenas para tentar se comunicar com a raça humana.


Dito isto, especialistas no campo asseguram que existem fortes conexões entre o círculo de plantações e os alinhamentos cósmicos. Neste caso particular, há um aspecto espiritual e fala sobre próximos alinhamentos planetários e como eles afetam a atividade terrestre de nosso planeta, vulcânica ou sísmica.



Como mencionado anteriormente, este círculo de culturas está perto de uma pequena igreja chamada "Notre Dame de France" , que parece estar simetricamente alinhada, além de apresentar importantes ligações com a Virgem Maria e o conteúdo profético e astronômico de Apocalipse 12, que diz o seguinte:


Um grande sinal apareceu no céu: uma mulher vestida de sol, com a lua debaixo dos pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas. E quando ela estava grávida, ela gritou em dores de parto, na angústia do parto. Outro sinal apareceu no céu: aqui está um grande dragão escarlate, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre suas cabeças sete coroas ”.


Ele está falando sobre a Segunda Vinda de Cristo para a Terra e a batalha contra o mal. Sem dúvida, quem quer que tenha criado o estranho círculo, a mensagem que ele queria enviar é a do iminente apocalipse . Além disso, temos que lembrar o fogo feroz que destruiu parte da Catedral de Notre Dame , cumprindo todas as profecias.


O que você acha desse círculo de plantações? É uma mensagem para a humanidade?

Um círculo estranho e complexo aparece nas plantações na França que anuncia o iminente Apocalipse

Moarn Stjer, 09.06.19

Há muitas coisas estranhas neste planeta que podem ser atribuídas à presença extraterrestre em nosso planeta, seja uma cidade afundada ao largo da costa da Flórida, um triângulo no Atlânticoou a mutilação do gado . Alguns desses fenômenos podem ter uma explicação lógica e racional, mas há outros que desafiam nossa compreensão do que nos cerca. Estes são círculos em colheitas ou colheitas. Esses projetos são padrões estranhos que aparecem em culturas ao redor do mundo de uma maneira específica.

Em geral, exceto aqueles que foram criados por humanos, os cortes são tão limpos que parece que foram feitos por uma máquina. Embora as hastes estejam dobradas, elas não estão danificadas. Na maioria das vezes, a cultura continua a crescer normalmente. Às vezes, padrões são círculos simples, mas em outros casos, são desenhos elaborados que consistem em várias formas geométricas interconectadas. E foi o que aconteceu na França, onde os pilotos de um aeroclube ficaram surpresos no último fim de semana quando sobrevoaram um campo de trigo e viram um desenho bastante elaborado nas lavouras .

O estranho círculo

A formação estranha foi vista no sábado por membros do Aeroclube Les Ailerons d'Enghien Moisselles enquanto voava sobre uma área ao norte de Paris. Felizmente, um dos pilotos conseguiu tirar uma foto do estranho desenho na safra e depois publicou na página do Facebook do clube, o que levou a imagem a se tornar viral. Localizada na cidade de Moisselles, a formação consiste em uma série de círculos e semicírculos . Quanto ao que isso pode significar, uma teoria aponta que o projeto foi criado perto de uma pequena igreja chamada "Notre Dame de France".e parece estar no mesmo comprimento que a catedral de Notre Dame. Assim, alguns sugeriram que talvez a formação seja um tributo, de certo modo, à catedral que sofreu os efeitos de um incêndio devastador em abril passado.

 

Embora essa conexão provável pareça sugerir que o treinamento foi o trabalho de pessoas, em vez de extraterrestres, o piloto que originalmente descobriu o projeto postulou que isso pode não ser o caso. Ao especular sobre quem poderia ter criado o trabalho, ele pensou que não acreditava que eles fossem humanos , porque as colheitas não "mentem" e não são esmagadas. Ele também citou a natureza complexa do design e como ele apareceu durante a noite como prova de que, em sua opinião, as pessoas não poderiam tê-lo feito com meios familiares.

Então, qual é o seu significado?

Se excluirmos a possibilidade de que esse círculo nas plantações tenha sido criado por pessoas, uma piada ou uma estratégia publicitária já está começando, então temos uma mensagem para a humanidade . E não apenas os ufólogos ou teóricos da conspiração, mas também os cientistas, acreditam nisso. Em 2017, o Dr. Horace Drew , Ph.D. em Química pelo prestigiado Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), disse que os círculos nas plantações são reais e contêm mensagens ocultas de seres extraterrestres ou viajantes humanos no tempo . Dr. Drew também sugeriu que desenhos misteriosos são um método usado por alienígenas para tentar se comunicar com a raça humana.

Dito isto, especialistas no campo asseguram que existem fortes conexões entre o círculo de plantações e os alinhamentos cósmicos. Neste caso particular, há um aspecto espiritual e fala sobre próximos alinhamentos planetários e como eles afetam a atividade terrestre de nosso planeta, vulcânica ou sísmica.

Como mencionado anteriormente, este círculo de culturas está perto de uma pequena igreja chamada "Notre Dame de France" , que parece estar simetricamente alinhada, além de apresentar importantes ligações com a Virgem Maria e o conteúdo profético e astronômico de Apocalipse 12, que diz o seguinte:

Um grande sinal apareceu no céu: uma mulher vestida de sol, com a lua debaixo dos pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas. E quando ela estava grávida, ela gritou em dores de parto, na angústia do parto. Outro sinal apareceu no céu: aqui está um grande dragão escarlate, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre suas cabeças sete coroas ”.

Ele está falando sobre a Segunda Vinda de Cristo para a Terra e a batalha contra o mal. Sem dúvida, quem quer que tenha criado o estranho círculo, a mensagem que ele queria enviar é a do iminente apocalipse . Além disso, temos que lembrar o fogo feroz que destruiu parte da Catedral de Notre Dame , cumprindo todas as profecias.

O que você acha desse círculo de plantações? É uma mensagem para a humanidade?

Mais de 7 milhões de pessoas raptadas por extraterrestres (vídeo)

Moarn Stjer, 08.06.19

Um estudo recente indica que mais de 7 milhões de pessoas foram seqüestradas no planeta Terra. Casos reais e contrastados de todas as nacionalidades.



Desde que a primeira história de um suposto sequestro por alienígenas nos Estados Unidos foi relatada pela primeira vez em 1957 (atribuída a seres de baixa estatura que mais tarde foram conhecidos como "Greys"), o mundo conheceu inúmeras histórias sobre sequestro. de pessoas que acabam visitando naves espaciais ou bases subterrâneas.


De acordo com os registros de ufólogos e pessoas que defendem a veracidade desses casos - enquanto outros desacreditam essas versões - haveria pelo menos 80 raças extraterrestres por trás dessas práticas e cada uma delas teria um propósito diferente de acordo com o grau de empatia que eles têm com o "terrestre".


Os seqüestros extraterrestres têm sido um dos temas mais populares da história e tem atraído a atenção de fãs de ficção científica há algum tempo.

Quando eles falam sobre arrebatamento alienígena, a primeira coisa que vem à mente é uma pessoa sendo absorvida por uma grande luz branca vinda de um OVNI (objeto voador não identificado) no céu. Enquanto psicólogos e especialistas sempre buscam uma resposta racional para esse "fenômeno", outros procuram as respostas no mundo paranormal para obter alguma explicação.


Estamos realmente sozinhos? Essa é a pergunta que a maioria dos seres humanos se faz depois de ver histórias de "desaparecimentos" sem explicação, como as descritas pelo nosso parceiro Rafa, de eblv.es no vídeo a seguir. O que você acha? Deixe seu comentário abaixo.



 

Astrônomos encontram um "planeta proibido" que não deveria existir e poderia abrigar uma raça extraterrestre

Moarn Stjer, 08.06.19


Uma noite, cerca de 60 anos atrás, o físico italiano Enrico Fermi olhou para o céu e perguntou: "Onde estão todos vocês?" Ele estava falando sobre alienígenas. Hoje, os cientistas sabem que existem milhares, talvez milhões de planetas no universo que podem abrigar vida. Então, na longa história de tudo o que sabemos, por que ainda não conseguimos contatar civilizações de outros mundos? Talvez o universo seja grande demais para passar. Também pode ser que os alienígenas estejam deliberadamente nos ignorando. Existe até a possibilidade de que cada civilização seja irrevogavelmente condenada a se destruir (algo que também poderia acontecer a nós mesmos).


Mas os cientistas têm outra teoria, e isso é que uma sociedade extraterrestre verdadeiramente avançada pode ser completamente povoada por robôs super inteligentes. Então, em vez de concentrar todos os nossos recursos em encontrar outros planetas habitáveis, talvez devêssemos procurar lugares que sejam mais interessantes para as máquinas, por exemplo, planetas com muita energia. E pode ser que já tenhamos descoberto este mundo, já que um enorme planeta três vezes maior que a Terra foi descoberto nos lugares mais incomuns da galáxia. Apelidado de "planeta proibido" , foi detectado em uma área em torno de sua estrela-mãe, onde não deveria haver planetas do seu tamanho.

O misterioso planeta NGTS-4b


Segundo o portal científico Phys.org , esse misterioso exoplaneta, termo usado para planetas que existem fora dos limites do nosso próprio sistema solar, tem 20 vezes a massa da Terra e um raio 20% menor que o da Terra. gás gigante Netuno . Como tal, foi classificado como um subneptuno, um exoplaneta menor que Netuno, mas ainda possuindo duas ou três vezes o raio da Terra.


Embora os astrónomos tenham descoberto alguns sub-Neptunes no passado, este exoplaneta em particular é um caso muito especial. Por um lado, ele foi encontrado no chamado "Deserto Neptuniano" , a área em torno de uma estrela que é muito próxima e vulnerável à radiação para que haja planetas do tamanho de Netuno.



Esta região particular é tão próxima da estrela que irradia intensamente, tanto que qualquer formação do tamanho de Netuno nesta área não poderia manter suas atmosferas e evaporar gradualmente. No entanto, o exoplaneta recém-descoberto não apenas sobreviveu ao ambiente hostil, como até reteve uma atmosfera gasosa.


"Este planeta deve ser difícil, mesmo na zona onde esperávamos que planetas do tamanho de Netuno não poderia sobreviver , " disse o Dr. Richard Ocidente, um físico da Universidade de Warwick, no Reino Unido e principal autor do estudo .


Outra coisa que faz esse exoplaneta realmente interessante é a maneira como foi descoberto. O objeto foi encontrado com o avançado sistema NGTS, composto por doze telescópios robóticos de 20 cm de grande angular instalados no Observatório do Paranal, operado pelo Observatório Europeu do Sul, localizado na comuna de Taltal, na região de Antofagasta, Chile. Como a NGTS tem sido fundamental na descoberta, o exoplaneta foi apelidado de NGTS-4b.


"Isso nunca foi feito antes com telescópios terrestres, e foi ótimo encontrá-lo depois de trabalhar neste projeto por um ano", continuou o Dr. West.


Dadas suas propriedades peculiares, é fácil saber por que os astrônomos chamaram o NGTS-4b de "planeta proibido" . Como observado pela  Universidade de Warwick , a NGTS-4b é o primeiro exoplaneta desse tipo a ser encontrado no "Deserto Neptuniano" . O planeta gira em torno de sua estrela em apenas 1,3 dias e é mais quente que Mercúrio, com uma temperatura de 1.000 graus Celsius.


"O NGTS-4b representa o sistema de tráfego mais superficial já descoberto do planeta e é o menor planeta descoberto em um estudo fotométrico de campo grande" , mostrou a equipe de West em seu estudo, publicado recentemente na revista Monthly Notices. da Royal Astronomical Society.



Os cientistas acreditam que uma possível explicação de como o ngts-4b conseguiu para resistir às explosões de radiação Desert Neptunian é que o planeta migraram para a área relativamente pouco tempo , nos últimos milhões de anos. Outra possibilidade é que o planeta já foi ainda maior do que é hoje, e ainda está evaporando sob o brilho de sua estrela-mãe.


"Sua sobrevivência na Neptunian Desert pode ser devido a uma massa extraordinariamente alta do núcleo, ou pode ter evitado a irradiação de mais intensa quando a migração após a atividade inicial de sua estrela-mãe teria diminuído X - ray" , escrevem os pesquisadores em seu artigo .


Mas também há aqueles que têm outra teoria completamente diferente. O planeta NGTS-4b poderia abrigar uma raça extraterrestre inteligente e poderia estar se alimentando da energia de sua estrela próxima. Mas essa raça não seria biológica, e sim robôs que resistissem a altas temperaturas. O físico teórico Alexander Berezin, do Centro Nacional para Pesquisa de Tecnologia Eletrônica (MIET) na Rússia, disse em 2018 que  a inteligência artificial  é a razão pela qual os humanos não encontraram vida extraterrestre. O físico explicou que as inteligências artificiais se rebelaram contra seus criadores e aniquilaram todas as formas de vida biológica.


E o pior de tudo é que essa raça extraterrestre seria saqueadores vorazes vagando pelo cosmos em busca de recursos para saquear e planetas para conquistar e colonizar. Então, depois de esgotar a energia de sua estrela, o próximo destino poderia ser o nosso planeta.


O planeta NGTS-4b abriga algum tipo de vida extraterrestre? Existem mais exoplanetas como este?