Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Estamos Sozinhos?

Posso te dizer o que é verdade. Tu formas a tua própria opinião.

Estamos Sozinhos?

Posso te dizer o que é verdade. Tu formas a tua própria opinião.

A Luz Estranha de Miami: Será Que Foi Uma Atividade Extraterrestre?

Moarn Stjer, 25.02.19

DvegZ1vWwAAE-1O.jpg


Muitas pessoas passam por experiências paranormais e muitas delas nem se apercebem de que estão a passar por uma. Ou porque estão absorvidas pelo que estão a fazer, ou porque, não dão valor ao momento, anulando qualquer importância que este possa ter nas suas vidas.


O caso de Hopye (nickname) é um desses exemplos de pessoas que passam por experiências, mas, que nem sabem do que se trata. Ele não se considera um crente nesses assuntos e nem procura ter a atenção para si como uma pessoa que passou por uma experiência desse tipo.


A sua experiência deu-se em Miami, quando foi visitar um primo que vivia naquela zona. Estavam a assistir TV à noite no momento em que tudo aconteceu. 


Uma estranha luz entrou pela janela da sala e a eletricidade da casa foi cortada. Tudo o que era elétrico deixou de funcionar. 


A cadela, uma possante pitbull, ladrava encolhida, tentando se esconder onde podia, amedrontada por todo aquele cenário.


Eles não conseguiam perceber o que se passava.


Tudo isto durou uma questão de segundos.


Assim que terminou, a eletricidade voltou à normalidade e a cadela sossegou no tapete da sala como se nada tivesse acontecido.


Saíram de casa para tentar ver alguma coisa, mas, nada. Do outro lado, os vizinhos também procuravam respostas para o sucedido. Ao que parece, não foi algo isolado, mas, que aconteceu num raio de ação localizado.


Ainda hoje, não sabe dizer se se tratou de algo paranormal, relacionado com espíritos ou ovnis. Apenas sabe dizer que foi algo estranho e que nunca tinha presenciado na sua vida.


E se os aliens se encontrassem com racistas?

Moarn Stjer, 06.05.18

Depois dos comentários de John Ventre sobre a série da Netflix “Dear White People” ,  não posso deixar de escrever sobre a possibilidade de um encontro entre aliens e racistas.

Para quem não sabe, John Ventre é um dos prestigiados membros do MUFON, uma organização internacional que estuda e pesquisa OVNI.

ventre-post-mufon-ufo

Perante este aparato, o qual não me vou pronunciar neste blogue, pois, não se trata de um blogue para tais conteúdos, leva-me a pensar um pouco sobre como seria o encontro entre racistas e algumas espécies de extraterrestres.

Em primeiro lugar, há que perceber que da mesma forma que há racismo entre humanos, também haverá racismo entre extraterrestres. A partir deste ponto, podemos considerar  que o encontro não seria algo pacífico e que uma guerra interplanetária se estabeleceria a partir daquele momento.

Não posso deixar de salientar algumas teorias em que relacionam os Nazis com contatos extraterrestres com os quais desenvolveram armas e estariam a desenvolver a chamada Solução Final. Alguns ainda vão mais longe e afirma que estes têm base conjunta no Ártico.

Tenho que relembrar que há espécies de extraterrestres que são pacíficas e que trazem mensagens de paz para toda a galáxia. O que poderia ser benéfico o contato com estes seres, para um desenvolvimento cooperativo entre os mundos.

Portanto, o cenário mais provável perante um encontro com extraterrestres é o de conflito racial. Tal como referi, é algo que ainda acontece entre humanos e, certamente iria acontecer entre raças aliens e humanos, mesmo que estas não tenham qualquer intenção se entrar em conflito por tais motivos.

Este aspeto pode ser um dos motivos, entre muitos, pelos quais os aliens ainda não se revelaram por completo à Humanidade. Seria um acontecimento cheio de conflitos, tal como escrevi num texto anterior e que não seria vantajoso para nenhuma das partes. Quem sabe se não foi um dos motivos que levaram os extraterrestres na antiguidade a quebrar contato com os humanos?

A verdade é esta, a sociedade humana ainda não está preparada para contatos desta magnitude. Podemos ver em sociedade mais conservadoras que são pouco abertas a novas ideias e contatos entre etnias e religiões. O que faria com que um encontro extraterrestres fosse diferente?

Talvez um dia a sociedade esteja preparada para um encontro de tal importância, mas, até lá, pesquisadores e testemunhas de contatos deste tipo, têm de permanecer reservadas à opinião pública, que por mais evoluída que esteja, ainda tece comentários negativos sobre o tema e mesmo contra quem acredita.



Encontros Imediatos Ep. 4 - Ferreira do Zêzere

Moarn Stjer, 16.10.17

Quarto episódio transmitido a 28 de Abril de 2008 dedicado á fenomenologia OVNI em Portugal. Numa noite em Abril de 2000 uma médica regressava do Algarve para a sua morada. Ao passar pela zona de Ferreira do Zêzere observou uma peculiar nuvem que parecia seguir o carro ao longo do seu percurso. Assustada, a testemunha decidiu passar a noite num hotel da região. Algum tempo depois deste incidente notou que tinha uma cicatriz de 14 centímetros no pescoço cuja origem não conseguiu identificar. Depois de uma terapia de hipnose regressiva, esta médica aparentemente relembrou uma história clássica de abdução por extraterrestres.





 


 


 


 

Cantor e Ator Fábio Junior já teve experiências com Extraterrestres

Moarn Stjer, 14.10.17

Fabio Junior, cantor e ator de novelas brasileras, afirma já ter tido experiencias com seres de outros planetas.



Segundo ele, já teve vários contatos com estes seres, sendo que uma das vezes, tentou fazer contato enquanto dirigia, businado e dando sinais de luzes durante 5 minutos, mas, quando terminou, estava a 180km do local onde tudo começou.


Não foi apenas Fabio Junior que teve contatos com aliens. Outras personalidades bem conhecidas do Brasil, já revelaram as suas experiências.


Quer me parecer que a moda agora não é ficar calado e manter em segredo a experiência, mas, torná-la pública para ser "cool".

Encontros Imediatos Episódio 3 - Ferreira do Alentejo

Moarn Stjer, 19.09.17

Terceiro episódio transmitido a 20 de Abril de 2008 dedicado á fenomenologia OVNI em Portugal. Na madrugada de 14 de Agosto de 1995 Jorge Lota, um pastor de Ferreira do Alentejo, dormia junto ao seu rebanho. De súbito acordou com um som estranho e reparou que não se conseguia mover. Ao olhar para cima observou um bizarro objecto voador que projectava uma luz azul sobre ele. Entretanto duas luzes de cor laranja movimentavam-se junto ao solo, assustando as suas ovelhas.



 




 

Encontros Imediatos Episódio 2 - Dossier Évora

Moarn Stjer, 08.09.17

Segundo episódio transmitido a 13 de Abril de 2008 dedicado á fenomenologia OVNI em Portugal. Em Novembro de 1959, em Évora, foram observados dois objectos a sobrevoar a cidade. O avistamento foi seguido da queda de filamentos brancos, os chamados "cabelos de anjo", durante perto de quatro horas. O Prof. Joaquim Guedes do Amaral foi testemunha deste caso e também um dos seus principais investigadores, constituindo um dos casos mais atípicos da fenomenologia OVNI nacional.



 




 


Encontros Imediatos Episódio 1 - Dossier Alfena (Parte 3)

Moarn Stjer, 07.09.17

Neste programa revisita-se o caso ocorrido em Alfena em 1990 em que dezenas de habitantes de diferentes idades observaram um estranho objecto durante cerca de 50 minutos. Um fotógrafo local conseguiu captar quatro instantâneos de grande qualidade que permitiram um estudo da forma e características do OVNI.



 

Encontros Imediatos Episódio 1 - Dossier Alfena (Parte 2)

Moarn Stjer, 06.09.17

Neste programa revisita-se o caso ocorrido em Alfena em 1990 em que dezenas de habitantes de diferentes idades observaram um estranho objecto durante cerca de 50 minutos. Um fotógrafo local conseguiu captar quatro instantâneos de grande qualidade que permitiram um estudo da forma e características do OVNI.



 

Encontros Imediatos Episódio 1 - Dossier Alfena

Moarn Stjer, 04.09.17

Primeiro episódio transmitido a 6 de Abril de 2008 dedicado à fenomenologia OVNI em Portugal. Neste programa revisita-se o caso ocorrido em Alfena em 1990 em que dezenas de habitantes de diferentes idades observaram um estranho objecto durante cerca de 50 minutos. Um fotógrafo local conseguiu captar quatro instantâneos de grande qualidade que permitiram um estudo da forma e características do OVNI.